• Kontakt
  • Impressum
  • Standorte

Filtração de óleo da transmissão.

Conceito de filtração ultrafina para transmissão automática.

Observamos no mundo todo um grande aumento no número de transmissões automáticas. E as exigências relacionadas a CO2 dos veículos ainda crescem constantemente, obrigando que as transmissões também se tornem mais eficientes. Nos últimos anos, a complexidade das transmissões automáticas cresceu continuamente. O número de marchas vem sempre aumentando, otimizando o grau de eficácia. O maior índice de perda das transmissões automáticas reside no abastecimento de óleo. Por isso, a otimização contínua desse aspecto tem importância especial.

A pureza do óleo da transmissão é importante para a vida útil de todos os componentes. Quando há excesso de impurezas, eles são rapidamente danificados e deixam de funcionar.

Existem filtros de sucção e de pressão: os filtros de sucção protegem diretamente a bomba, enquanto os filtros de pressão protegem diretamente os atuadores hidráulicos, geralmente filtrando apenas uma parte do óleo. Quando o design é ruim, o filtro é contornado em muitas condições de funcionamento, fazendo com que muito óleo não filtrado chegue aos componentes.

Para evitar essa situação, o desenvolvimento na Hengst foca em conceitos de filtração com redução significativa do óleo não filtrado. Além disso, com uma integração maior dos sistemas, é possível conseguir um valor adicional indo além do filtro.

← De volta

Hengst atual

Feiras e eventos

Swiss Automotive Show em Niederbipp, Suíça

08/31/2018 - 09/01/2018

WM Werkstattmesse em Dortmund, Alemanha

08/31/2018 - 09/02/2018

Hengst Catálogo online